Reação das instituições ao extremismo | VEJA